Clube FII News News

Notícias para o investidor de fundos imobiliários

Conheça o Clube FII

Conheça o Clube FII

beta
Breaking News

Justiça suspende por 180 dias execuções sobre terras do BTRA11 no MT

Justiça suspende por 180 dias execuções sobre terras do BTRA11 no MT

Mercado Imobiliário

Família Frias prepara investimento de R$ 380 milhões no mercado imobiliário

Dona de UOL, Folha e PagSeguro

Por Luciene Miranda
quinta-feira, 19 de agosto de 2021
A família Frias, dona de UOL, Folha e PagSeguro, está preparando um novo investimento, agora no mercado imobiliário paulistano. É justamente o family office que representa os Frias que está por trás da oferta de R$ 380 milhões pelo projeto Jardim das Perdizes. O lance foi tornado público ontem, 16, pela Tecnisa, dona do empreendimento em parceria com a Hines. A proposta partiu da OFL Empreendimentos Imobiliários, braço da holding OFL SA, que, por sua vez, controla o Grupo UOL.

Não será a primeira tacada dos Frias no segmento imobiliário. A OFL Empreendimentos comprou, em 2009, um conjunto de 3 mil metros quadrados de salas comerciais da Cyrela Commercial Properties por R$ 45,5 milhões. Elas ficam no Centro Empresarial Mario Garnero, na avenida Brigadeiro Faria Lima, na capital paulista.

A oferta agora é por uma participação de até 38,95% do capital votante das sociedades Windsor e JDP E1, criadas para o desenvolvimento do Jardim das Perdizes, minibairro que reúne prédios residenciais e comerciais na zona oeste da capital e vem sendo erguido pouco a pouco nos últimos anos. A Tecnisa é a desenvolvedora do empreendimento e detém 57,5% do capital social, enquanto a Hines fica com os 42,5% restantes.

Os Frias estão de olho no potencial do Jardim das Perdizes. Ao todo, o empreendimento contempla terrenos que podem gerar R$ 2,8 bilhões em valor geral de vendas com futuros imóveis. O projeto ainda fechou o primeiro semestre com R$ 49 milhões em caixa e outros R$ 15 milhões em recebíveis de vendas de apartamentos.

mais notícias semelhantes
O Clube FII preza pela qualidade do conteúdo e verifica as informações publicadas, ressaltando que não faz qualquer tipo de recomendação de investimento, não se responsabilizando por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes.